Newsletter

About Author

domingo, 31 de outubro de 2010



Seus espinhos, eles beijaram meu sangue

Sua beleza cura, suas beleza mata
E quem saberia melhor do que eu?
Finja que me ama!