Newsletter

About Author

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

"Eu não disse nada. Talvez tenha olhado para ela com sarcasmo, não sei. Mais ainda porque o sarcasmo não é uma coisa que você impõe ao outro, o outro simplesmente vê ou não vê, e se sente atingido ou não. De que adianta todo o sarcasmo do mundo se o outro não percebe. É necessário que o outro perceba a tua fina ironia, é necessário que o outro seja uma superfície lisa o suficiente para te refletir. É necessário que o outro ao menos te escute".




(Carola Saavedra)