Newsletter

About Author

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Nimguém tem o direito de me julgar a não ser eu mesmo. Eu me pertenço e de mim faço o que bem entender.



Raul Seixas