Newsletter

About Author

quinta-feira, 16 de junho de 2011

Ah, me diz por que esse seu jeito de me olhar é o modo mais fácil de me arrancar um sorriso? É involuntário. Te vejo, e quando me vejo, estou sorrindo. Pode uma coisa dessas? Pode você chegar assim e me roubar algo tão facilmente? E aí você fala de um jeito tão diferente comigo que me desfalece. E sorri pra mim. E aí eu já me perco em mim mesmo. Ah, não devia ser assim. Não queria me apaixonar logo agora. Mas você parece desrespeitar essa minha vontade, e me faz contrariá-la. E o pior, é que eu gosto dessa sensação.